Linux repositories inspector
Linux 2.3.15
03/02/1998

manpages-pt-dev

Portuguese Versions of the Manual Pages (dev sections)

manpages-dev

Manual pages about using GNU/Linux for development

man-pages

Linux kernel and C library user-space interface documentation

NOME

prctl - operações em um processo

SINOPSE

#include <sys/prctl.h>
int prctl(int option, unsigned long arg2, unsigned long arg3 , unsigned long arg4, unsigned long arg5);

DESCRIÇÃO

prctl é chamada com um primeiro argumento descrevendo o que fazer (com valores definidos em <linux/prctl.h>), e além disto parâmetros com um significação que dependia do primeiro. O primeiro argumento pode ser:
PR_SET_PDEATHSIG
(desde Linux 2.1.57) Seleciona o sinal do processo pai morto do processo atual para arg2 (podendo ser um valor sinalizado no intervalo de 1..maxsig, ou 0 para limpar). Este é o sinal que o processo atual obterá quando os pais deles morrerem. Este valor é limpo por um fork().
PR_GET_PDEATHSIG
(desde Linux 2.3.15) Lê o valor atual do sinal do processo pai morto dentro da (int *) arg2.

VALORES RETORNADOS

Em caso de sucesso, zero é retornado. Caso contrário, -1 é retornado, e errno é selecionado adequadamente.

ERROS

EINVAL O valor da option não foi reconhecido, ou ele é PR_SET_PDEATHSIG e arg2 não é zero ou um número sinalizado.

DE ACORDO COM

Esta chamada é específica do Linux. IRIX tem uma chamada de sistema prctl (também introduzida no Linux 2.1.44 como irix_prctl nas arquiteturas MIPS), com tipo primitivo
ptrdiff_t prctl(int option, int arg2, int arg3);
e opções para obter o número máximo de processos por usuário, obtém o número máximo de processadores que o processo solicitante pode usar, descobre se um processo especificado está bloceado atualmente, obtém ou seleciona o tamanho máximo da pilha, etc., etc.

DISPONIBILIDADE

A chamada de sistema prctl() foi introduzida no Linux 2.1.57. Não havia um chamada de biblioteca prctl() até agora.

VEJA TAMBÉM

⇧ Top