Linux repositories inspector
Linux 2.0.30
Aliases: unlinkat(2), unlinkat(2), unlinkat(2), unlinkat(2), unlinkat(2), unlinkat(2), unlinkat(2), unlinkat(2), unlinkat(2), unlinkat(2)

manpages-pt-dev

Portuguese Versions of the Manual Pages (dev sections)

manpages-dev

Manual pages about using GNU/Linux for development

man-pages

Linux kernel and C library user-space interface documentation

NOME

unlink - apaga um nome e talvez o arquivo ao qual se refere

SINOPSE

#include <unistd.h>
int unlink(const char *pathname);

DESCRIÇÃO

unlink apaga um nome a partir do sistema de arquivos. Se aquele nome tem a última ligação simbólica para uma arquivo e não processa o arquivo aberto, o arquivo é deletado e o espaço dele é feito disponível para ser reutilizado.
Se o nome tem uma última ligação para um arquivo mas qualquer processo tem o arquivo aberto o arquivo ficará existente até o último descritor de arquivo referenciado para ele ser fechado.
Se o nome referenciado para uma ligação simbólica é um ligação removida.
Se o nome referenciado para um socket, fifo ou dispositivo foi removido mas processos que têm o objeto aberto podem continuar usá-lo.

VALORES RETORNADOS

Em caso de sucesso, zero é retornado. Caso contrário, -1 é retornado, e errno é selecionado adequadamente.

ERROS

EACCES Acesso de escrita para o diretório contendo pathname não é permitido para uid efetivas de processos, ou um dos diretórios em pathname não tem permissão de procura (execução).
EPERM ou EACCES
O diretório contendo pathname tem um bit contrário selecionado (S_ISVTX) e a uid efetiva do processo é nenhuma uid do arquivo para ser apagado não naquele diretório que o contém.
EPERM O arquivo pathname é um diretório.
EFAULT pathname aponta para fora do espaço de endereços acessível para você.
ENAMETOOLONG
pathname é muito longo.
ENOENT Um diretório componente no pathname não existe ou é uma ligação simbólica rompida.
ENOTDIR
Um componente usado com um diretório em pathname não é, de fato, um diretório.
EISDIR pathname refere-se a um diretório.
ENOMEM Memória do kernel disponível é insuficiente.
EROFS pathname refere-se para um arquivo em um sistema de arquivos somente de leitura.
ELOOP Muitas ligações simbólicas são encontradas na tradução do pathname.
EIO Um erro de E/S ocorreu.

DE ACORDO COM

SVr4, SVID, POSIX, X/OPEN, 4.3BSD. SVr4 documenta as condições de erros adicionais EBUSY, EINTR, EMULTIHOP, ETXTBUSY, ENOLINK.

PROBLEMAS

Infelicidades no protocolo base do NFS pode causar o inesperado desaparecimento de arquivos que ainda estão sendo usados.

TRADUZIDO POR LDP-BR em 21/08/2000

André L. Fassone Canova <> (tradução) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx <> (revisão)
⇧ Top